Sérgio Martins Pandolfo

Já enviou 146 Definições.

146. Camueca

subst. fem.: doença passageira, sem gravidade; achaque, enfermidade sem gravidade. Estado depressivo, mal de fundo psicológico.
Forma paralela: camoeca

145. Sabiedade

subst. fem.: qualidade ou virtude do que é sábio; sapiente. Que tem grande acervo de conhecimentos

144. Abicorar

Verbo. Espreitar, observar com interesse ocultamente; ficar à espreita; espiar, espionar, vigiar.

143. Experteza

subst.fem.:competência ou qualidade de especialista,experimentado, experiente; "expertise" (galicismo a ser evitado). Que domina bem alguma área do conhecimento com competência e destreza; sapiência. (confira, compare com esperteza)

142. Capadócio

adj. e subst. masc.:
1- algo que é da ou o natural da Capadócia.
2- pejorativo: que ou aquele que é pouco inteligente; ignorante; burro, tapado.
Que ou quem é impostor; espertalhão,trapaceiro, charlatão

141. Engazopar

v.t.d.: induzir alguém a erro; iludir, enganar, embair, engabelar, embrulhar, empulhar.
v.t.d.: pôr em cadeia; prender, engaiolar, enxadrezar

140. Pissica

subst. fem.; regionalismo Norte, máxime no Pará: azar, urucubaca, caipora, cábula

139. Teleférico

adj. ou subst. masc.: que ou o que transporta algo a distância, em deslocamento aéreo (diz-se de cabo), geralmente por meio de uma cabina ou "bondinho" suspensa por cabos de aço.

138. Inópia

subst. fem.: Grande pobreza; indigência, penúria, extrema necessidade

137. Remandiola

subst. fem.: reviravolta, contratempo, viravolta, ocorrência inesperada, revertério

136. Entaladela

subst. fem.: situação difícil; apuro, dificuldade, entalada, entalação, enrascada

135. Aré

interj. Denota espanto, incredulidade, admiração. Usada no parauarês (paraensismo) do dia a dia em certas localidades do Pará (Vigia v.g.)

134. Desamuar

V. trans. dir/ind.: tirar o amuo de ou deixar de sentir amuo; alegrar(-se), desembezerrar, desemburrar, desenfadar(-se), desentonar(-se)

133. Passar a pendura

Passar o calote, recusar-se ao pagamento da conta, passar o "beiço".

132. Levar o guelo

Levar o guelo (u-e) é expressão das mais usadas popularmente em solo parauara, máxime na capital, Belém, e nas crônicas mundanas e policiais. Mesmo que levar o farelo; morrer.


10 páginas - 146 Definições

Dicionário inFormal - Dicionário online de Português