Prática sexual onde o órgão genital masculino é introduzido no ânu, o lugar de onde sai as fezes. Um dos grandes problemas do sexo anal é justamente sujar o órgão genital de fezes. As mulheres podem ter sérias complicações quando homens porcos introduzem o pênis no ânus, retira e introduz na vagina, levando fezes para a vagina.

A prática do sexo anal deve ser feita sempre com preservativo para evitar a entrada de fezes no canal do pênis.

Para reduzir o volume de fezes que está dentro do intestino é feita a pratica de lavagem interna chamada de enema ou chuca. Mas não é totalmente garantido a limpeza, sempre sobre uma água suja de bosta ou um pedacinho de feijão.

Pode ser realizado entre:

Homem com homem. Na prática homossexual masculina, por faltar uma vagina, tem que usar o ânus.

Homem com mulher. Muito homem acostumado com a prática do troca troca na infância, não gosta do sexo normal e prefere o sexo anal com a esposa. Muitas vezes é porque viu em um filme pornográfico e achou que aquilo é normal.

Homem com travesti. O travesti apesar de ser uma mulher linda com um clitóris imenso não tem vagina, então tem que ser na veia bostérica mesmo.

Gaúcho com macho. Isso é uma questão tradicional que foi iniciada pelos filhos dos ricos empresários de Pelotas que estudaram na França. Os pais enviavam os filhos para estudar na França e os moleques voltaram com costumes estranhos que hoje faz parte da tradição.

Todo viado dá o cu, sexo anal é obrigatório para quem não é rachada.

Depois do sexo anal tive que trocar a roupa de cama que estava toda suja de merda.
  


Atividade reprodutiva praticada por seres sexuados onde a intrução do genital masculino (ou qualquer coisa semelhante) dá-se no ânus do indivíduo passivo (masculino ou feminino).
Foi inventado há milhares de ânus pelo chinês Sai-chi-chi, líder de uma dinastia repressora da antiga China, quando o grande líder determinou que a atividade sexual do povo seria apenas uma vez por ano (sexo anual), mas por um erro de grafia da complicada escrita chinesa do escrivão real Sai-ko-ko, ficou grafado "sexo anal". Todos os cidadãos masculino comemoraram, mas Sai-ko-ko foi linchado pelas mulheres chinesas por um motivo que até hoje permanece desconhecido.

- E aí gata, vamos fazer um sexo anal?
- Só se for no próximo ânus!
  

É o ato que o Governo Federal, Estadual e Municipal faz com todos os contribuintes que pagam seus impostos em dia. (ou pelo menos dizem que pagam).

Quando fui usar o SUS pela primeira vez , não tive direito a nada. Tomei no cú , isto é, praticaram sexo anal.
  


O sexo anal (também podendo ser referido como sodomia, embora esta palavra possa ser utilizada para outros actos sexuais não reprodutivos) é uma prática sexual que se caracteriza pela introdução do pênis no interior do ânus do parceiro sexual, seja ele mulher ou homem. Entre humanos, tal prática é tida como uma forma de se obter prazer durante a relação sexual para satisfação de um ou ambos os participantes. Segundo alguns especialistas, tal atividade não causa dano à elasticidade anal[carece de fontes?]), tampouco doenças como hemorróidas[1], mas essa opinião não é generalizada.

A prática do sexo anal sem proteção pode ser uma via de transmissão de doenças sexualmente transmissíveis, pois a mucosa anal é muito mais permeável a agentes externos que a pele comum (ou mesmo a mucosa vaginal)[2][3]).
A região anal é uma das zonas erógenas mais sensíveis do corpo humano, por isso o ato pode, por si só, levar a pessoa penetrada ao orgasmo. Ainda que os estímulos que proporcionam o orgasmo não sejam inteiramente da ordem física/tátil, a prática pode ser altamente prazerosa.

Por não haver lubrificação natural na região do esfíncter anal, as primeiras experiências podem gerar dor e sangramentos, fatos que podem ser atenuados e até eliminados com o uso de substâncias lubrificantes próprias, a fim de facilitar a introdução do pênis, ou quaisquer outros objetos semelhantes. Alguns adeptos da prática do sexo anal afirmam que a preliminar anilingus é muito importante na preparação do ânus para receber o pênis, já que a mesma relaxa o esfíncter anal.

O sexo anal é uma relação que normalmente traz prazer ao praticante ativo, já que a musculatura do ânus é mais apertada do que a da vagina e a pressão sobre o pénis é maior.

No praticante passivo, ou seja aquele cujo ânus está sendo penetrado, quer homem quer mulher, o prazer nem sempre é garantido porque, dada a complexidade da preparação prévia, muitos entusiastas acabam por atropelar o tempo necessário para o devido relaxamento da musculatura em questão, nomeadamente através de anilingus (também chamado beijo grego ou beijo negro) ou de outra qualquer actividade similar. Quando os cuidados adequados são devidamente atendidos, o prazer do praticante passivo pode ser alcançado, especialmente no homem pro-orgástico até, devido à repetida massagem da próstata através da parede do reto.

A prática da penetração anal pode envolver, em simultâneo, a estimulação do clítoris (quando o praticante passivo é uma mulher), ou do pénis (quando o praticante passivo é um homem), o que facilitaria o orgasmo.

Existe, porém, o receio popular de que a prática constante do sexo anal, ao longo de anos, possa afrouxar a musculatura do ânus; Entretanto, alguns estudos científicos de médicos e sexólogos não confirmam este receio a não ser em caso de intercurso com um pénis anormalmente grosso.

Sem as devidas precauções, para o homem que penetra, existe o perigo de entrada de fezes no canal da uretra, causando infecções que se estendem ao testículo, portanto recomenda-se a devida limpeza do cólon (enema) ou a utilização de um preservativo.

A limpeza do cólon através de enema tem, no entanto, os seus problemas: estudos indicam que tal prática danifica a mucosa anal tornando-a (ainda) mais permeável que o normal aumentando assim a possibilidade de transmissão de doenças sexualmente transmissíveis (em ambos os sentidos)[carece de fontes?]).

No caso das mulheres podem, caso o sexo vaginal seja feito imediatamente após o anal, ocorrer infecções na vagina semelhantes (senão idênticas) às que podem ocorrer na uretra do homem, devido à incompatibilidade entre a flora bacteriana desta zona com a flora existente no ânus. Neste caso o preservativo utilizado para penetração anal não deve ser utilizado para penetração vaginal.

O preservativo é também recomendado para evitar a transmissão de doenças sexualmente transmissíveis.

Um método de prevenção de DST's é utilizar um preservativo para o sexo anal e em seguida substituí-lo por outro preservativo - também não usado. Desta maneira, a probabilidade da entrada de fezes no canal da uretra é praticamente nulo e a transmissão das fezes para outras partes do corpo, tal como a vagina e/ou boca.

Para evitar ou amenizar eventuais dores, é geralmente recomendada lubrificação feita com produtos adequados e dar o tempo necessário para o relaxamento dos músculos envolvidos.

Talvez por ser uma espécie de tabu para muitas mulheres, o sexo anal é uma grande fantasia de muitos homens, sendo amplamente explorado em filmes pornô. Há diversas atrizes especializadas nesta prática sexual, sendo muitas vezes conhecidas como Anal Queens (Rainhas anais) ou até Anal Princesses (Pricesas Anais), caso sejam também jovens.

  

Ato sexual do qual é PROIBIDO a uma brasileira negar!!!

Também muito usado por garotas que querem se casar virgem.(isso é, no mundo da ficção, hehe).

Também sexo anal é a maior fantasia dos homem, ou vcs, mulheres, acham que nós olhamos os seus traseiros por qual motivo?

Mano que se casou com uma garota com o "cu di ouro":

-PQP!!! eu não acredito que vc vai negar sexo anal!!! isso é crime aqui no brasil!!!
  


Ato de introduzir o pênis no ânus da mulher, travesti ou homossexual, praticando movimentos de vai-vem.

Vamos fazer um sexo anal?
  

Quando a mulher deixa o homem fazer a penetração na região anal.

Eles fizeram sexo anal.
  

Quando a mulher deixa o homem fazer a penetração na região anal.

Eles fizeram sexo anal.
  

Outras informações sobre Sexo anal:

Palavras com 9 Letras
A Palavra Sexo anal pode ser um palavrão/ofensiva
A Palavra Sexo anal pode ser uma gíria/informal/sigla
A Palavra Sexo anal possui 9 Letras
A Palavra Sexo anal possui 4 vogais - e o a a
A Palavra Sexo anal possui 5 consoantes - s x n l
A Palavra Sexo anal ao contrário: Lana oxes
Busca reversa Onomasiológica por Sexo anal

1 página - 9 Definições



Dicionário inFormal - Dicionário online de Português