O dicionário de português gratuito para internet, onde as palavras são definidas pelos usuários. Uma iniciativa de documentar on-line a evolução do português. Não deixe as palavras passarem em branco, participe definindo o seu português!

O Dicionário inFormal é do caralho! Ali não existem definições certas ou erradas, mas definições da vida real para o português.

Trata-se de substantivo feminino cujo significado encontra-se ligado à ação ou efeito de corromper, ou seja, de fazer degenerar; ação de seduzir por dinheiro, presentes ou quaisquer benesses alguém, levando este alguém a se afastar da conduta reta; possui uma variante: corrução.

O funcionário do Estado foi preso por corrupção ativa.


Trata-se de substantivo feminino cujo significado encontra-se ligado à ação ou efeito de corromper, ou seja, de fazer degenerar; ação de seduzir por dinheiro, presentes ou quaisquer benesses alguém, levando este alguém a se afastar da conduta reta; possui uma variante: corrução.

O funcionário do Estado foi preso por corrupção ativa.

Cibazol era um remédio popular e barato comercializado antigamente, mas com a chegada de novos medicamentos perdeu o valor e desapareceu do mercado, sendo hoje sinônimo para qualquer coisa sem valor.

Fulano é tão mentiroso que sua palavra não vale um cibazol


Expressão muito usada pelos brasileiros para definir a capacidade de resolver determinadas, tarefas, situações ou até mesmo problemas. Uma característica bem brasileira.

Infelizmente no momento, o "jeitinho brasileiro" que era sinônimo de "Criatividade" acabou se transformando em "MÁ FÉ".

- Se não fosse o meu "jeitinho brasileiro", eu não teria resolvido aquele problema.
- Com o "jeitinho brasileiro", o bandido roubou todo o dinheiro do banco.

[Dev. de abraçar] S.m.
1.Ato de abraçar.
2. Fig. Demonstração de amizade.
3. Arquit. Ornato que circunda o fuste de uma coluna, reproduzindo geralmente um entrelaçamento de folhagens.
4. Abraço de tamanduá. Bras. Traição desleadade, felonia.

AQUELE ABRAÇO.
(GILBERTO Gil)

O Rio de Janeiro continua lindo
O Rio de Janeiro continua sendo
O Rio de Janeiro, fevereiro e março
Alô, alô, Realengo - aquele abraço!
Alô, torcida do Flamengo - aquele abraço!
Chacrinha continua balançando a pança
E buzinando a moça e comandando a massa
E continua dando as ordens no terreiro
Alô, alô, seu Chacrinha - velho guerreiro
Alô, alô, Terezinha, Rio de Janeiro
Alô, alô, seu Chacrinha - velho palhaço
Alô, alô, Terezinha - aquele abraço!
Alô, moça da favela - aquele abraço!
Todo mundo da Portela - aquele abraço!
Todo mês de fevereiro - aquele passo!
Alô, Banda de Ipanema - aquele abraço!
Meu caminho pelo mundo eu mesmo traço
A Bahia já me deu régua e compasso
Quem sabe de mim sou eu - aquele abraço!
Pra você que meu esqueceu - aquele abraço!
Alô, Rio de Janeiro - aquele abraço!
Todo o povo brasileiro - aquele abraço!

S.M. Diz-se de um furo com tamanho superior ao normal; grande buraco. No sentindo figurado, indica prejuízo.

A empresa sofreu um grande rombo neste mês.

Forma coloquial e popular falada na Paraíba na acepção de: pobre, pária, sem recursos, zé ninguém ou pé rapado

Ela tá de caso com Zé Lima que não passa de um pé de poeira do interior